Jack Guez/AFP
Jack Guez/AFP

Pesquisa diz que Netanyahu pode perder eleição em Israel

Sondagem aponta que cerca de 60% dos eleitores preferem Moshe Kahlon ou Gideon Saar para o cargo de primeiro-ministro

Estadão Conteúdo

05 de dezembro de 2014 | 18h13

Uma pesquisa publicada pelo jornal Maariv nesta sexta-feira mostra que o primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu pode perder a eleição de março em Israel. De acordo com a sondagem, 60% dos israelenses querem tirar Netanyahu do poder. Moshe Kahlon e Gideon Saar, ambos ex-membros do partido Likud, estão entre os nomes favoritos para assumir o cargo.

Os números também mostram que juntos, cinco partidos de direita e religiosos podem receber até 63 dos 120 assentos do parlamento, o suficiente para formar um governo. O bloco, ainda não oficial, pode conquistar 74 cadeiras se a legenda recém formada por Kahlon se unir à coalizão.

A pesquisa foi feita na última quarta-feira, por telefone, com 500 entrevistados. A margem de erro da pesquisa é de 4,3 pontos porcentuais. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
IsraelpesquisaNetanyahu

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.