Pesquisa indica vitória de Kirchner em primárias na Argentina

Presidente teria recebido 45% dos votos totais, distante mais de 30 pontos porcentuais do segundo colocado, diz boca de urna

Marina Guimarães, da Agência Estado,

14 de agosto de 2011 | 19h07

A presidente argentina Cristina Kirchner teria recebido 45% dos votos totais, distante mais de 30 pontos porcentuais do segundo colocado, nas eleições primárias realizadas neste domingo, conforme pesquisa de boca de urna da emissora de TV C5N.

Os candidatos da oposição, Eduardo Duhalde, (peronista dissidente, da sublegenda União Popular/UP), e Ricardo Alfonsín (deputado da União Cívica Radical/UCR, social-democrata que concorre com a sublegenda União pelo Desenvolvimento Social), teriam ficado em segundo e terceiro lugar, com cerca de 20% e 19% dos votos, respectivamente.

Os resultados de boca de urna posicionam Cristina Kirchner em direção a uma vitória no primeiro turno das eleições presidenciais de 23 de outubro. Na província de Buenos Aires, o candidato governista, Daniel Scioli, teria recebido 43% dos votos, enquanto o segundo colocado, Francisco De Narváez (peronista dissidente, da União para o Desenvolvimento), teria obtido 23%.

Tudo o que sabemos sobre:
ArgentinaeleiçõesCristina Kirchner

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.