Pesquisa mostra Chávez com 59% das intenções de voto

A grande maioria dos venezuelanos planeja votar em Hugo Chávez nas eleições presidenciais marcadas para o dia 3 de dezembro, de acordo com a pesquisa do instituto Ipsos a pedido da agência Associated Press divulgada nesta quinta-feira. Aproximadamente 59% de eleitores dizem que provavelmente votariam em Chávez para um terceiro mandato, enquanto que outros 27% disseram que apostariam no candidato da oposição, Manuel Rosales. Outros 13% consultados pela pesquisa da Ipsos da disseram que estão indecisos ou não responderam ao questionamento. Apoio De acordo com a AP, a pesquisa demonstra respaldo e apoio da população venezuelana à visão antiamericana do presidente Hugo Chávez. Desde que Chávez foi eleito pela primeira vez em 1998, ele tem se caracterizado como o líder esquerdista mais controverso da América Latina, tendo ganhado o notório prêmio de o que mais duras críticas fez ao governo dos Estados Unidos. Sobre a posição ideológica adotada pelo governo, a pesquisa mostra que cerca de 61% dos venezuelanos acreditam que a Venezuela está na direção certa, enquanto outros 31% dizem que a direção é a errada. O levantamento encontrou diferenças importantes em relação à preferência do eleitorado dependendo da faixa de renda. Os eleitores mais ricos provavelmente sustentariam Rosales, a classe média aparece dividida e os mais pobres apóiam fortemente Chávez (70% contra 16% a Rosales). Um total de 63% disse que aprova a administração de Chávez, embora 66% afirmam ver o presidente venezuelano como autoritário.Chávez é um aliado próximo do líder cubano Fidel Castro, que em julho passou o comando ao irmão devido ao um tratamento de supostamente estaria fazendo contra o câncer. A pesquisa foi realizada entre 10 e 18 de novembro e ouviu 2,5 mil votantes registrados na Venezuela.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.