Pesquisa mostra empate eleitoral nos EUA

Entre os eleitores americanos registrados, 45% querem que os democratas obtenham o controle do Congresso nas eleições de 5 de novembro, enquanto 43% torcem pelos republicanos. Já entre os eleitores que planejam votar no dia 5 de novembro, 46% querem dar o voto para os republicanos e 43%, para os democratas. Além da confirmação da baixa participação do eleitorado, que favorece os republicanos porque seus eleitores estão mais motivados, a pesquisa realizada pela empresa Ipsos-Reid mostra que o equilíbrio é forte entre os dois maiores partidos dos EUA, 13 dias antes da eleição que renovará 435 assentos da Câmara dos Deputados e um terço (34 das 100 cadeiras) do Senado. As margens de vantagem de um partido sobre outro são irrelevantes do ponto de vista estatístico, porque as possibilidades de erro das pesquisas são superiores às diferenças registradas. O presidente dos EUA, George W. Bush, continua dedicando muita atenção à campanha e deve fazer, amanhã, discursos nos Estados da Pensilvânia e do Maine, para defender os candidatos republicanos. Bush quer que os republicanos mantenham o controle da Câmara, onde têm 223 cadeiras, contra 210 dos republicanos e dos independentes, e reconquistem o Senado, no qual os democratas são maioria.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.