PESQUISA-Obama empata com Clinton na corrida democrata

Barack Obama conseguiu eliminar umadistância antes substancial para ficar virtualmente empatadocom Hillary Clinton na corrida à vaga de candidato do PartidoDemocrata para as eleições presidenciais dos EUA, revelou umapesquisa da Reuters/Zogby divulgada na quarta-feira. Entre os republicanos, John McCain conseguiu o primeirolugar em uma disputa ainda bastante indefinida, passando MikeHuckabee e deixando Rudy Giuliani de lado enquanto as préviasiniciais da corrida de 2008 pela Casa Branca alteravam o perfildo embate nos dois partidos. Antes das eleições virtualmente cruciais em Nevada, naCarolina do Sul e na Flórida, a disputa para escolher oscandidatos da eleição de novembro, da qual sairá o sucessor dopresidente George W. Bush, mostrava-se altamente instável. As vitórias de Obama, senador pelo Estado de Illinois, eHuckabee, ex-governador do Arkansas, nas prévias de Iowa deramaos dois candidatos mais força na corrida. Mas o incentivo mostrou-se pouco duradouro já que Hillary,senadora pelo Estado de Nova York, e McCain, senador peloArizona, venceram nas prévias de New Hampshire, realizadascinco dias depois. Os resultados iniciais apontam para disputaspotencialmente longas pelas vagas de candidato entre osrepublicanos e os democratas. "Essa é a definição de uma corrida cabeça a cabeça",afirmou John Zogby, um especialista em pesquisas. As entrevistas com os eleitores em potencial ocorreram naquinta e na sexta-feira, antes das prévias republicanas emMichigan, de terça-feira, na qual o ex-governador deMassachusetts Mitt Romney venceu McCain com 39 por cento dosvotos contra 30. Huckabee ficou em terceiro, com 16 por cento. Os democratas também realizaram uma prévia em Michigan, masuma disputa em torno da data da votação levou o diretórionacional do partido a excluir os delegados do Estado daconvenção nacional que escolhe o candidato do partido no meiodo ano. A prévia de Michigan, assim, não tem valor nenhum. Hillary, uma ex-primeira-dama que pode se tornar a primeiramulher a ocupar a Presidência dos EUA, tinha uma vantagem de 21pontos percentuais sobre Obama em outubro. No mês passado, essadistância caiu para 8 pontos. A pesquisa deste mês dava àpré-candidata 39 por cento das intenções de voto, contra 38para o pré-candidato. Essa vantagem fica dentro da margem de erro da enquete, de4,7 pontos percentuais. Obama, que pode se tornar o primeiro presidente negro dosEUA, e Hillary aparecem empatados em vários grupos deeleitores, entre os quais os homens, as mulheres, os democratase os independentes. Obama liderava com folga, 65 por centocontra 15 das intenções de voto, entre os negros. "INCRIVELMENTE DISPUTADA" "Essa é uma corrida incrivelmente disputada em quase todosos níveis", afirmou Zogby. Entre os republicanos, McCain aparecia à frente de Huckabeecom 28 por cento das intenções de voto contra 23. Os doispré-candidatos ainda se aproveitam das vitórias obtidas nasduas primeiras prévias. Huckabee, um ministro batista cuja ascensão viu-sealimentada pelo apoio de grupos religiosos conservadores,liderava com 34 por cento contra 22 entre os que se descreviamcomo "renascidos." McCain aparecia à frente entre os independentes, com 45 porcento contra 13, e entre os moderados, com 53 contra 13. Osdois pré-candidatos empatavam entre os eleitores republicanos. A pesquisa entrevistou 459 prováveis votantes das préviasdemocratas e 427 das prévias republicanas, possuindo uma margemde erro de 4,7 pontos percentuais para cima ou para baixo entreos democratas e de 4,8 pontos percentuais entre osrepublicanos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.