Pesquisadora confirma queda de ovni na Sibéria

Um misterioso objeto de forma esférica e construído com uma tecnologia inexistente em nosso planeta foi encontrado há algum tempo nos arredores da cidade de Dalnegorsk, na região de Primorye, Sibéria, informou nesta quinta-feira a cientista Lyudmila Tselina, do centro espacial russo.Tselina, que estuda há anos o fenômeno dos objetos voadores não-identificados (ovnis) recolhendo documentação e material, revelou em entrevista ao jornal russo Trud que o objeto caiu "a uma velocidade de 15 metros por segundo sobre o monte Isumrudnaia", demonstrando assim não tratar-se de um meteorito."Tratava-se de uma esfera que foi detalhadamente examinada pelos melhores especialistas de diversos institutos russos de ciências. Todos concordaram que o objeto não tem origem terrestre."O objeto, do qual não se sabe a função e do qual não foi informado o diâmetro nem onde se encontra agora, era feito de materiais desconhecidos na Terra, que resistiam à ação de todos os ácidos conhecidos.

Agencia Estado,

31 de maio de 2001 | 20h46

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.