Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Pesquisas confirmam liderança de Putin em eleição

O primeiro-ministro da Rússia, Vladimir Putin, aparecia como o vencedor da eleição presidencial deste domingo, de acordo com pesquisas de opinião citadas pela televisão estatal, mas o resultado da votação era obscurecido por diversas acusações de violação feitas pela oposição e por observadores independentes.

AE, Agência Estado

04 de março de 2012 | 15h30

Putin conquistava 58% dos votos, de acordo com uma pesquisa de boca de urna conduzida pela agência de pesquisa VTsIOM. Outra sondagem da agência FOM dava 59% das preferências para o ex-presidente russo.

Resultados oficiais de regiões distantes que já concluíram a apuração pareciam confirmar os dados das pesquisas. Com apenas 14% da apuração, Putin aparecia na liderança com 62% (61,8%) dos votos, informou a Comissão Central da Eleição.

Mas milhares de acusações de violação feitas por observadores e opositores de Putin eram confirmadas, o que deve abalar a legitimidade de sua vitória e alimentar novos protestos. A oposição se organizava para promover uma ampla manifestação amanhã no centro de Moscou.

Golos, o principal organismo independente de observação das eleições, afirmou que recebeu diversos relatos de "carrosséis de votação", com ônibus carregados de eleitores sendo levados a votar inúmeras vezes. Alexei Navalny, um dos líderes mais carismáticos da oposição, disse que observadores treinados pela organização também constataram o amplo uso de carrosséis de eleitores.

As evidências de fraudes na eleição parlamentar de dezembro desencadeou centenas de protestos contra Putin, que presidiu o país de 2000 até 2008. Posteriormente, em razão de limitações de mandato, ele assumiu como primeiro-ministro. As demonstrações foram as mais amplas desde o fim da era soviética e os manifestantes mostraram-se exasperados com os casos frequentes de corrupção, com o crescente desequilíbrio social e com os controles rígidos da vida política durante o governo Putin.

O candidato do Partido Comunista, Gennady Zyuganov, recebia o apoio de cerca de 18% dos eleitores, de acordo com as pesquisas de boca de urna, enquanto os demais concorrentes apareciam com um dígito das preferências. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.