Pessoas com deficiência protestam em Madri

Portadores de necessidades especiais tomaram as ruas de Madri em protesto contra as medidas de austeridade do país neste domingo. Eles se manifestaram contra os cortes do governo na área da saúde pública, o que provocou o fechamento de centros de reabilitação e demissão de trabalhadores.

KELLEN MORAES, Agência Estado

02 de dezembro de 2012 | 14h48

Mais de 10 mil pessoas, a maioria em cadeiras de rodas ou com cães-guias, participaram da manifestação, levando cartazes com o slogan "Deficiência SOS: salve seus direitos, inclusão e bem-estar".

As despesas com a saúde pública são de responsabilidade dos governos regionais, muitos dos quais estão endividados. Algumas administrações locais têm deixado de pagar centros médicos, forçando cortes no atendimento e na distribuição de medicamentos. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.