Win McNamee/Getty Images/AFP
Win McNamee/Getty Images/AFP

Prévias de Iowa: Pete Buttigieg vence Bernie Sanders com margem mínima

Resultado foi divulgado com atraso, após contagem caótica e controvertida que durou três dias

Redação, O Estado de S.Paulo

06 de fevereiro de 2020 | 23h21
Atualizado 23 de julho de 2020 | 14h29

O ex-prefeito Pete Buttigieg venceu o senador Bernie Sanders no caucus democrata de Iowa por uma pequena margem de 26,2% a 26,1%, informou o Partido Democrata nesta quinta-feira, 6, após uma contagem caótica e controvertida que durou três dias.

Buttigieg obteve 564 delegados estaduais contra 562 de Sanders, que por sua vez recebeu 45.826 votos (26,6%) contra 43.195 (25%) do ex-prefeito.

A margem é tão pequena que a mídia americana não dá a nenhum dos candidatos o título de vencedor. Em terceiro lugar, ficou a senadora Elizabeth Warren, com 387 delegados (18%), seguida pelo ex-vice-presidente Joe Biden, com 341 (15,8%) e pela senadora Amy Klobuchar, com 264 (12,3%).

Warren obteve 34.771 votos, Biden 23.691 e Klobuchar 21.181. Com esses resultados, o Partido Democrata de Iowa agora terá que distribuir os 41 delegados que participarão da Convenção Nacional Democrata em julho, a ser realizada em Wisconsin, para eleger o candidato que enfrentará Donald Trump em novembro.

Durante os três dias em que a contagem durou, Buttigieg e Sanders se declararam vencedores. Nesta quinta-feira, antes da divulgação do resultado, o presidente do Comitê Nacional Democrata, Tom Perez, perdeu a paciência e pediu a revisão dos resultados da votação em Iowa. “Basta. Para garantir a confiança das pessoas nos resultados, peço ao Partido Democrata de Iowa para começar imediatamente uma revisão”, disse.  /EFE

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.