Petrobras envia navio com combustível para Venezuela

Já saiu do Brasil o navio petroleiro enviado para a Venezuela para ajudar a normalizar o abastecimento naquele país, afetado por uma greve geral iniciada dia 2 contra o governo do presidente Hugo Chávez. O navio deve chegar à Venezuela este fim de semana, de acordo com a Petrobrás. A ida do navio foi negociada com o governo venezuelano por Marco Aurélio Garcia, assessor internacional do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva, e apoiada pelo presidente Fernando Henrique Cardoso. O navio Amazon Explorer está levando 82 milhões de litros de gasolina. Segundo a Petrobrás, o combustível está sendo vendido à companhia de petróleo venezuelana PDVSA. O navio chega este fim de semana à Caracas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.