Petróleo atinge áreas a mais de 90 km de vazamento nos EUA

Vazamento no Golfo do México atinge a costa de Louisiana e já pode ser visto em praias.

BBC Brasil, BBC

18 Maio 2010 | 18h21

O vazamento de petróleo no Golfo do México, nos Estados Unidos, já está sendo visível em regiões a mais de 90 km do local do acidente, em uma plataforma que explodiu e afundou no mês passado.

O óleo atingiu a costa do Estado da Louisiana, sujando praias da região.

"O vazamento está a mais de 90 km daqui. O fato de que o petróleo chegou aqui é uma indicação clara de que está se espalhando e indo muito mais longe," disse Paul Horsman, ativista do Greenpeace, em South Pass - o ponto extremo sul da Louisiana.

O presidente americano, Barack Obama, anunciou que vai criar uma comissão presidencial para investigar o vazamento, as práticas da indústria do petróleo e o papel do governo no desastre.

Bombeando o petróleo

No domingo, a petroleira britânica British Petroleum (BP), responsável por conter o vazamento, anunciou que estava conseguido começar a bombear o petróleo.

Os minissubmarinos usados pela petroleira inseriram um tubo de 15 centímetros de diâmetro dentro da tubulação avariada, ligando o vazamento a um navio petroleiro.

Na segunda-feira, a BP informou que está conseguindo canalizar o equivalente a mil barris de petróleo por dia para um petroleiro. Esta quantidade seria equivalente a um quinto do total estimado pela Guarda Costeira e pela BP que estaria vazando, 5 mil barris diários.

O vazamento foi originado pela explosão da plataforma Deepwater Horizon, no dia 20 de abril. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.