Petróleo sobe em NY após informe sobre estoques

Os preços do petróleo fecharam em leve alta em Nova York e em queda na Europa. Na New York Mercantile Exchange (Nymex), os contratos de petróleo bruto para novembro chegaram a cair a US$ 88,18 por barril, nível mais baixo em 17 meses, antes de se recuperar em reação a um informe sobre a redução dos estoques no centro de distribuição de Cushing (Oklahoma).

Estadão Conteúdo

02 de outubro de 2014 | 17h01

Os preços caíram em reação ao anúncio, feito nesta quarta-feira, de que a Arábia Saudita reduziu os preços de seu petróleo para exportação para novembro, sinalizando que está confortável com o nível elevado da oferta global e com os preços relativamente baixos. Os preços vêm caindo há vários meses, acompanhando o crescimento da produção dos EUA - que tem provocado uma intensificação da concorrência pelos mercados asiático e europeu e levado alguns produtores, como a Arábia Saudita, a baixar preços.

Em setembro, o secretário-geral da Opep sugeriu que o cartel poderia reduzir sua meta de produção na próxima reunião, em novembro, mas os integrantes do grupo estão divididos quanto a isso; a Arábia Saudita reduziu sua produção em 400 mil barris por dia em agosto, mas outros produtores, entre eles o Kuwait e os Emirados Árabes Unidos, aumentaram sua produção.

"Existe a necessidade de cortes fortes na produção, e o único país que pode fazer isso é a Arábia Saudita", comentou o analista Carsten Fritsch, do Commerzbank. Segundo ele, o preço do petróleo Brent já está abaixo do que seria necessário para que alguns países membros da Opep equilibrarem seus Orçamentos e "uma queda para menos de US$ 90, talvez para US$ 85, faria os alarmes soarem".

A recuperação dos preços do petróleo na Nymex aconteceu depois de a provedora de dados sobre energia Genscape divulgar um relatório segundo o qual os estoques de petróleo bruto em Cushing tiveram uma redução inesperada. "A reduÇão em Cushing mudou parcialmente o sentimento do mercado hoje", disse Andy Lebow, da Jefferies.

Na Nymex, os contratos de petróleo bruto para novembro fecharam a US$ 91,01 por barril, em alta de US$ 0,28 (0,31%). Na Intercontinental Exchange (ICE), os contratos do petróleo Brent para novembro fecharam a US$ 93,42 por barril, em queda de US$ 0,74 (0,79%). Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Mundopetróleo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.