Petrolíferas retiram empregados por causa do furacão Ike

As petrolíferas retiram os seus funcionários das plataformas no Golfo do México que estão na trajetória prevista do furacão Ike, que hoje atingiu o oeste de Cuba e ruma para a região. A Exxon Mobil Corp. informou que começou a retirar trabalhadores das plataformas, enquanto a Anadarko Petroleum Corp. afirmou que já iniciou a operação e deverá conclui-la amanhã. A Shell terminará a retirada amanhã ou na quinta-feira. As empresas tomaram a medida enquanto a produção de petróleo no Golfo ainda está 77,5% abaixo da capacidade normal e a de gás, 64,8%, patamares inferiores ao comum por causa da passagem do furacão Gustav. A capacidade normal da produção no Golfo do México é de 1,3 milhão de barris diários de petróleo. De acordo com o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC, na sigla em inglês), o furacão Ike deverá atingir a costa do sul do Texas no sábado.O Serviço de Gerenciamento de Recursos Minerais do governo norte-americano, que supervisiona a produção de hidrocarbonetos em águas dos EUA, informou ontem que as petrolíferas haviam retirado os funcionários de 167 plataformas, ou cerca de 23,3% do total das 717 existentes no Golfo do México. A agência também informou que foram retirados trabalhadores de 44 sondas, ou 36,4% das 121 atualmente em operação na região. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.