Pfizer solicita aprovação de emergência para vacina Covid-19 na Índia

A Índia registrou mais de 9,57 milhões de casos de Covid-19, e fica atrás apenas dos Estados Unidos

Reuters, O Estado de S.Paulo

06 de dezembro de 2020 | 03h07

NOVA DEHLI - A Pfizer solicitou autorização de uso emergencial de sua vacina contra o coronavírus na Índia, o primeiro laboratório a fazê-lo no país com o segundo maior número de infecções do mundo, diz a CNN.

Um funcionário do governo, no entanto, afirmou à Reuters que nenhum formulário havia sido recebido até a noite de sábado, 5.

As autoridades indianas ressaltaram que depositam suas esperanças principalmente nas vacinas testadas localmente, em vez daquelas desenvolvidas pela Pfizer e Moderna.

A vacina da Pfizer precisa ser armazenada a menos 70 graus Celsius (-94 F) ou menos, temperaturas que a maioria dos armazenamentos indianos não atingem.

A Índia registrou mais de 9,57 milhões de casos de Covid-19, e fica atrás apenas dos Estados Unidos, com quase 140 mil mortes. / Reuters

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.