Pianista é processado por ofender o islamismo

Fazil Say, um renomado pianista erudito da Turquia, está sendo processado por ter "ofendido o Islã" em comentários feitos no Twitter. Say postou brincadeiras sobre o tempo de duração do chamado público feito nos horários de oração dos fiéis.

O Estado de S.Paulo

19 de outubro de 2012 | 08h44

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.