PIB da China cresceu cerca de 10% em 2010--vice-premiê

A economia da China cresceu cerca de 10 por cento em 2010, com avanço de 18,5 por cento das vendas no varejo, mostrando que o movimento está sendo puxado pelo consumo interno, disse o vice-premiê Li Keqiang, em declarações publicadas neste sábado.

REUTERS

08 de janeiro de 2011 | 09h40

"A força motriz do consumo interno está crescendo, e seu aumento contribuiu com mais de 90 por cento do crescimento econômico (em 2010)," Li disse a líderes empresariais em Berlim, segundo uma transcrição de seu discurso publicado no Diário do Povo.

"Temos confiança, condições e capacidade de manter a longo prazo de crescimento econômico estável e rápido", disse ele.

O governador do banco central Zhou Xiaochuan disse também esta semana que o produto interno bruto do país cresceu cerca de 10 por cento em 2010.

Li acrescentou que a China quer ampliar o consumo interno e permitir que o povo a desfrute de uma parcela maior do rápido crescimento dos próximos cinco anos.

Ele também expressou confiança de que a Europa poderia superar sua crise de dívida soberana, dizendo que Pequim estava prestando atenção e ofereceria seu apoio.

A China prometeu publicamente que a compra da dívida pública da Grécia e da Espanha, mas se absteve de fornecer valores específicos de seus investimentos.

(Reportagem de Langi Chiang e Jason Subler)

Tudo o que sabemos sobre:
CHINAPIBCRESCIMENTO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.