PIB da Itália contrai no 1º trimestre

A economia da Itália contraiu mais do que o esperado no primeiro trimestre de 2013, com queda de 0,5% em relação aos três meses anteriores, tendo em vista que atividade recuou em todos os setores, exceto a agricultura, afirmou o instituto nacional de estatísticas Istat nesta quarta-feira.

AE, Agência Estado

15 de maio de 2013 | 08h36

O Produto Interno Bruto da terceira maior economia da zona do euro contraiu agora por sete trimestres consecutivos, a mais longa recessão desde que o Istat começou a compilar dados comparáveis em 1990.

A leitura preliminar, ajustada a fatores sazonais e ao número de dias de trabalho, foi pior do que a previsão de uma contração trimestral de 0,3% segundo 19 economistas consultados pela Dow Jones.

O PIB da Itália encolheu 2,3% nos três primeiros meses do ano em relação ao mesmo trimestre de 2012, disse o Istat, um pouco pior do que a previsão de um declínio anual de 2,2%. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
ITÁLIAPIB

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.