PIB dos EUA sobe 1,5% no 2º trimestre

O Produto Interno Bruto (PIB) dos EUA cresceu à taxa de 1,5% no segundo trimestre deste ano, informou o Departamento do Comércio. O resultado ficou acima da previsão dos economistas consultados pela Dow Jones de expansão de 1,3%, mas representou uma desaceleração em relação ao avanço registrado no primeiro trimestre deste ano, que foi revisado para cima, para mostrar ganho de 2,0%.

AE, Agência Estado

27 de julho de 2012 | 10h45

A desaceleração dos gastos do consumidor e dos governos estatais e locais pesou sobre o PIB no segundo trimestre. Os gastos dos consumidores cresceram apenas 1,5%, o menor avanço em um ano e abaixo da alta de 2,4% registrada no primeiro trimestre. Os gastos com bens duráveis caíram 1,0%. Os gastos do governo eliminaram 0,28 ponto porcentual do crescimento geral da economia, ao recuarem 2,1% em âmbito estadual e local e 0,4% em âmbito federal.

Os investimentos fixos não ligados a residências, uma categoria que inclui gastos com estruturas e equipamentos, aumentaram 5,3% no segundo trimestre, abaixo do avanço de 7,5% no primeiro trimestre. Os ajustes nos estoques privados, que pesaram sobre a economia nos três primeiros meses deste ano, contribuíram com 0,32 ponto porcentual para o PIB no segundo trimestre.

As vendas reais finais - que correspondem ao PIB excluindo ajustes nos estoques privados - subiram 1,2%, menos do que o ganho de 2,4% anterior.

Em um sinal positivo, as exportações cresceram pelo terceiro trimestre consecutivo, com alta de 5,3%, sugerindo que a crise de dívida soberana na Europa não está prejudicando as exportações tanto quanto se temia. Mas o comércio geral ainda pressionou a economia, já que as cresceram 6,0%.

Os gastos com construção de imóveis e outros investimentos residenciais aumentaram 9,7%, no quinto avanço seguido, depois de uma longa crise imobiliária. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAeconomiaPIB

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.