Piloto de acrobacias morre durante vôo de exibição em Seul

Um avião das Forças Aéreas sul-coreanas caiu nesta sexta-feira provocando a morte do seu piloto, num acidente durante uma exibição de acrobacias na base de Suwon, ao sul de Seul. O avião, um A-37 da esquadrilha acrobática Águia Negra das Forças Aéreas, se chocou contra uma das pistas do aeroporto, a apenas 300 metros de uma arquibancada lotada de espectadores. Segundo testemunhas citadas pela agência Yonhap, o piloto, um capitão de 33 anos, não conseguiu acionar o assento ejetável. Ainterpretação mais provável é de que ele tentou ficar no avião até o último momento para evitar atingir o público. O avião esbarrou em outro que participavada exibição, quando os dois tentavam fazer uma manobra em forma de cruz, a 700 metros de altitude. O show fazia parte das festas organizadas pelas Forças Aéreas da Coréia do Sul para comemorar o Dia da Criança.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.