Piloto de avião com 210 a bordo morre após decolagem

O piloto de um vôo da Continental Airlines passou mal após a decolagem e foi declarado morto após um pouso de emergência, informa uma porta-voz da companhia. As 210 pessoas a bordo do avião, que havia decolado de Houston, não correram nenhum risco, e o co-piloto conduziu o avião em segurança durante o pouso, afirmou Macky Osorio. A companhia aérea informa apenas que o piloto teve um "grave problema de saúde". A empresa crê que a morte foi provocada por causas naturais, afirma Osorio. O nome do falecido não foi divulgado. O vôo, com destino a Puerto Vallarta, no México, havia decolado do Aeroporto Intercontinental George Bush, em Houston, e foi desviado para o Aeroporto Internacional McAllen-Miller. Uma vez substituída a tripulação, o avião prosseguiu para o México.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.