Pilotos da Lufthansa começam nova paralisação

Pilotos da Lufthansa começam nova paralisação

A greve está prevista para durar cerca de 15 horas e ocorre no aeroporto de Frankfurt

Estadão Conteúdo

30 de setembro de 2014 | 14h30

Pilotos de frota de longo curso da Lufthansa deram início a uma nova paralisação nesta terça-feira. A greve está prevista para durar cerca de 15 horas e ocorre no aeroporto de Frankfurt, o principal hub da companhia área. Os funcionários e a empresa discordam em questões contratuais.

O sindicato dos pilotos convocou seus membros a entrarem em greve a partir das 5 horas (horário de Brasília). Essa é quarta vez que os pilotos param por algumas horas ao longo das últimas semanas; e a primeira vez desde o início, na semana passada, da nova rodada de negociações.

A Lufthansa informou que 32 dos 57 voos programados para hoje vão funcionar normalmente, sendo 26 deles comandados por pilotos que não aderiram à greve, e os demais adiados para quarta-feira. Os pilotos protestam contra os planos da companhia, que preveem redução dos benefícios de aposentadoria. A empresa alega que vem sofrendo com a concorrência de companhias europeias de baixo custo e precisa cortar gastos. Fonte: Dow Jones Newswires.

Mais conteúdo sobre:
Alemanhalufthansa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.