Piñera se reúne esta semana com estudantes no Chile

Depois de três meses de conflito, o presidente do Chile, Sebastián Piñera, se reunirá esta semana com líderes estudantis pela primeira vez desde o início da crise. Piñera chamou os líderes estudantis para um encontro ainda sem data definida e também convidou reitores e professores para dialogar.

Agência Estado

29 de agosto de 2011 | 20h07

"Temos que passar do protesto para a ação, da intransigência para o diálogo, da divisão para a união, das denúncias para a busca por uma solução", disse Piñera durante um evento público nesta segunda-feira.

Os líderes estudantis aceitaram o convite, mas advertiram que não se tratará de um diálogo nem de uma negociação, mas de uma aproximação para que o governo possa se pronunciar sobre os 12 pontos de uma petição dos estudantes.

As agremiações estudantis universitárias e secundaristas exigem o fim do lucro no sistema educacional, o estabelecimento de uma rede gratuita e igualitária de ensino superior e maior aporte financeiro do governo nas universidades.

A data do encontro entre Piñera e os líderes estudantis ainda não foi anunciada formalmente pelo governo, mas a expectativa é de que ocorra já na terça-feira. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Chileestudantes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.