Pinochet é fichado criminalmente

O general Augusto Pinochet foi finalmente fichado criminalmente como acobertador de 18 seqüestros e 57 assassinatos de prisioneiros políticos, embora não tenham sido tiradas suas impressões digitais. Pinochet, de 85 anos, lutou durante três meses para evitar ser fichado, usando, entre outras estratégias, a apresentação de um atestado médico dentário como pretexto. No entanto, ganhou uma guerra ao conseguir que o procedimento - obrigatório para todos os chilenos que cometem delitos - se realizasse "in absentia", porque ele não esteve presente ao próprio fichamento. Um dos advogados do ex-ditador, Pablo Rodríguez, defendeu hoje o não-comparecimento de seu cliente. Disse que "os médicos fizeram constar que é altamente perigoso criar novas circunstâncias que aumentem as tensões do general Pinochet". "Os acusadores, com o objetivo de hostilizar, molestar e, de alguma forma, alterar a vida do general e criar-lhe novos problemas, transformaram este procedimento administrativo em algo de vital importância", acrescentou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.