Pinochet é internado em Santiago

O ex-ditador Augusto Pinochet, sob investigação pelo desaparecimento de militantes esquerdistas durante seu governo, foi internado num hospital militar por problemas respiratórios e para avaliar seu nível de diabetes, informou o centro médico. Um boletim médico informa que Pinochet "ingressou no hospital militar de Santiago sofrendo um quadro respiratório agudo e para avaliação de diabetes". O ex-ditador ficará internado até a estabilização de seu quadro respiratório. A internação foi anunciada no mesmo dia em que a 3ª Sala da Corte de Apelações deveria analisar um recurso contra o juiz Juan Guzmán, que investiga um caso de desaparecimento de opositores. Um alerta anônimo de bomba forçou hoje a evacuação do tribunal. Nada foi encontrado no prédio. Pinochet deveria ter sido interrogado no início do mês por sua responsabilidade na Operação Condor, mas uma manobra legal de seus advogados retardou a diligência e retirou o juiz Guzmán momentaneamente do caso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.