Pinochet indiciado por crimes contra os direitos humanos

Um juiz chileno indiciou o ex-presidente, general Augusto Pinochet, por crimes contra dos direitos humanos. Pinochet governou o Chile como ditador entre 1973 e 1990. O regime que liderou é acusado de diversas violações de direitos, incluindo tortura e assassinato de opositores. Recentemente, o governo chileno reconheceu a responsabilidade do Estado pelos crimes da ditadura e se propôs a pagar indenizações às vítimas.Pinochet foi indiciado pelo seqüestro de nove dissidentes e a morte de um. O juiz Juan Guzman também determinou que Pinochet fique sob prisão domiciliar. O juiz disse ter decidido julgar o ex-ditador, de 89 anos, depois de analisar uma entrevista que o general concedeu a uma estação de TV de Miami e convencer-se de que a saúde do ex-ditador não é um impedimento.

Agencia Estado,

13 de dezembro de 2004 | 14h54

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.