Piora o estado da mulher com vírus misterioso

Piorou o estado da mulher que havia sido hospitalizada no último domingo em Hamilton, na Província canadense de Ontario, sob suspeita de ter contraído o vírus Ebola. De acordo com a TV CNN, seu estado agora é considerado "crítico" (até esta quarta-feira, era "grave") e ela respira com a ajuda de equipamentos.Nesta quarta-feira, exames preliminares indicaram que ela não foi infectada pelo vírus Ebola; nesta quinta-feira, os médicos disseram que também está descartada a hipótese de tratar-se do vírus Marburg, que causa um tipo semelhante de febre hemorrágica.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.