Piratas confessam ter atacado o navio errado

Um grupo de piratas somalis que foi detido após atacar um navio militar espanhol confessou ter realizado a abordagem por engano. Os seis criminosos, que serão extraditados para a Espanha, disseram aos investigadores que confundiram a embarcação com um cargueiro. O navio Patiño estava no Golfo de Áden justamente para combater a pirataria.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.