Piratas matam quatro sequestrados americanos durante negociações

Quatro americanos que haviam sido sequestrados por piratas da Somália na sexta-feira foram mortos ontem, segundo informações das Forças Armadas dos Estados Unidos. O casal Scott e Jean Adam e seus amigos Phyllis Mackay e Bob Riggle estavam a bordo do iate S/V Quest quando foram sequestrados na costa de Omã. Desde então, o iate vinha sendo monitorado pela Marinha americana, que deslocou quatro navios de guerra para tentar resgatar os reféns.

, O Estado de S.Paulo

23 de fevereiro de 2011 | 00h00

O Comando Central dos EUA disse que, na madrugada de ontem, enquanto estavam em andamento negociações para libertar os reféns, as forças americanas ouviram tiros vindos da embarcação. "Enquanto respondiam aos tiros, ao embarcar no iate, as forças descobriram que todos os quatro reféns haviam sido baleados por seus captores", disse o Comando Central.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.