Piratas se enganam e atacam navio da Marinha francesa

Duas embarcações com piratas somalis dispararam, hoje, contra um navio da Marinha francesa. Aparentemente, eles o confundiram com um barco comercial, disseram militares. O navio francês iniciou uma perseguição e capturou cinco supostos piratas.

AE-AP, Agencia Estado

07 de outubro de 2009 | 18h05

O navio francês La Somme "foi provavelmente considerado um navio comercial pelos dois barcos" a cerca de 460 quilômetros da costa somali, disse o porta-voz militar francês, contra-almirante Christophe Prazuck. "Eles descobriram o erro muito tarde".

Ninguém ficou ferido pelos disparos de rifles em direção ao La Somme, um navio de reabastecimento de 3.800 toneladas, disse. Um dos barcos fugiu, e o La Somme perseguiu o segundo durante uma hora. "Havia cinco homens a bordo. Nenhuma arma, água ou comida", afirmou Prazuck.

Tudo o que sabemos sobre:
piratasSomáliaFrança

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.