Piratas somalis libertam cargueiro sequestrado em novembro

Autoridades iranianas anunciaram a libertação do cargueiro Delight, com 36 mil toneladas de trigo

EFE,

10 de janeiro de 2009 | 23h28

As autoridades iranianas anunciaram neste sábado, 10, a libertação do cargueiro Delight, que havia sido sequestrado em novembro por piratas somalis quando seguia para o Irã com 36 mil toneladas de trigo. O comitê das Linhas Navais da República Islâmica do Irã informou que os piratas somalis libertaram na noite de sexta-feira o navio, com bandeira de Hong-Kong, e os 25 membros da tripulação, segundo o site da TV iraniana em língua inglesa Press TV. De acordo com o órgão, os tripulantes estão bem. Não há informações sobre pagamentos de resgate. A embarcação, que havia partido da Alemanha e ia para o porto iraniano de Bandar Abas, foi atacado em 18 de novembro em frente às costas do Iêmen no Golfo de Áden. A libertação do Delight coincide com a do superpetroleiro saudita Sirius Star, que também tinha sido tomado por piratas somalis em novembro.

Tudo o que sabemos sobre:
piratas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.