Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Pistoleiros sequestram e matam agente do governo no Iêmen

Pistoleiros ligados à Al Qaeda sequestraram e mataram na quinta-feira um agente de inteligência do governo iemenita no sul do país, o que resultou em um confronto no qual dois rebeldes e um soldado do governo morreram, segundo uma autoridade local.

REUTERS

22 de março de 2012 | 19h14

O grupo Ansar al Sharia, afiliado à Al Qaeda, disse em nota que executou o agente por espionar seus membros.

Militantes islâmicos controlam grandes áreas do sul do Iêmen, e fazem frequentes ataques contra autoridades.

O agente de inteligência foi capturado na quarta-feira na localidade de Mukalla e morto a tiros horas depois, segundo um funcionário governamental na província de Hadramout. Ele acrescentou que, ao descobrirem o corpo, forças de segurança entraram em confronto com os militantes.

Também na quinta-feira, militantes islâmicos mataram um soldado e feriram outro num ataque a um posto de controle militar na província de Lahj (sul).

(Reportagem de Mohammed Mukhashaf)

Tudo o que sabemos sobre:
IEMENASSASSINATOAGENTE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.