Placa de massacre nazista não menciona os judeus

Em 1942, nazistas mataram 27 mil pessoas em Zmiyevskaya Balka, na URSS, na pior atrocidade do Exército de Hitler em território soviético. Mas uma nova placa instalada no local não menciona os judeus - a maioria entre os mortos. Apenas "cidadãos de Rostov-on-Don e prisioneiros de guerra soviéticos" são citados. Entidades judaicas têm protestado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.