Plano de seqüestro do primeiro-ministro de Fiji é abortado

A polícia de Fiji anunciou hoje ter descoberto um plano para seqüestrar o primeiro-ministro Laisenia Qarase, o chefe do Exército e outros altos funcionários da ilha na próxima semana. Segundo o comissário de polícia, Isiki Savua, o seqüestro tinha como objetivo trocar as autoridades pelo líder George Speight, que está preso desde maio de 2000 depois de tentar tomar o parlamento com um grupo armado de nacionalistas. Quatro homens foram presos, entre eles um primo de Speight.

Agencia Estado,

03 Janeiro 2002 | 13h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.