Plano exige fim da violência

O plano de paz proposto por Kofi Annan ao regime sírio tem seis pontos fundamentais. Em primeiro lugar, os dois lados se comprometem a dialogar com Annan. O documento também exige a retirada de tropas dos grandes centros populacionais, tréguas "humanitárias" diárias de duas horas, libertação de presos políticos, acesso de jornalistas ao país e respeito à livre manifestação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.