Plataforma desaba do 35º andar e deixa dez filipinos mortos em Manila

Vítimas trabalhavam em edifício em construção; um homem segue gravemente ferido

Associated Press

27 de janeiro de 2011 | 09h12

Equipes de resgate retiram corpos após queda da plataforma.

 

MANILA - Ao menos dez filipinos morreram nesta quinta-feira, 27, quando uma plataforma desabou de uma altura de 25 andares em um prédio em construção em Manila, capital das Filipinas, informaram as autoridades. Um homem continua gravemente ferido.

 

Os 11 trabalhadores estavam instalando janelas o prédio quando a plataforma cedeu e eles caíram do 35º ao 7º andar do condomínio, disse o Junjun Binay, prefeito de Makati, distrito financeiro de Manila. Não ficou claro quantos homens estava na plataforma no momento do acidente.

 

Em comunicado, a Eton Properties Philippines, proprietária do edifício, disse que as vítimas trabalhavam para uma empresa terceirizada e que estavam no intervalo no momento do acidente. Eles queriam ir até o 39º andar com a plataforma "em vez de usar as escadas", diz a nota.

 

"Como o andaime só pode carregar algumas pessoas, os cabos cederam", acrescenta o comunicado, dizendo que a companhia ordenou a revisão das regras de segurança de suas subcontratadas. O prefeito ordenou a paralisação das obras até que "tenha-se a certeza de que todos os trabalhadores estão seguros".

Tudo o que sabemos sobre:
FilipinasÁsiaacidente

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.