Photo by Carmelo Alen / AFP
Photo by Carmelo Alen / AFP

Plataforma desmorona em festival na Espanha e deixa 313 feridos

Estrutura de madeira era sustentada por vigas de concreto; autoridades suspeitam que excesso de peso causou acidente

O Estado de S.Paulo

13 Agosto 2018 | 09h48

MADRI - O colapso de uma plataforma à beira-mar em Vigo, cidade no noroeste da Espanha, deixou 313 feridos, cinco deles gravemente, disseram autoridades nesta segunda-feira, 13.

As vítimas estavam assistindo a um show na noite do domingo, quando a estrutura de madeira se rompeu. Era o último evento do festival "O Marisquiño", que durou três dias.

As tábuas de madeira cederam na parte central, abrindo um buraco de cerca de 40 metros de comprimento, e fazendo com que as pessoas caíssem no mar, segundo os serviços de emergência locais. No total 313 pessoas precisaram de atendimento médico, disse o ministro da Saúde de Galícia, Jesús Vázquez Almuíña, à emissora Antena 3. Os cinco pacientes com quadro mais grave não correm risco de morte.

O presidente da Autoridade Portuária de Vigo, Enrique Lopez Veiga, disse suspeitar que a plataforma, sustentada por pilares de concreto, tinha um problema estrutural. Segundo Veiga, o acidente aconteceu "provavelmente devido ao excesso de peso".

O prefeito da cidade, Abel Caballero, anunciou a realização de uma investigação para determinar a causa do acidente.

O festival "O Marisquiño" mistura performances musicais e esportes urbanos, como o skate. / AP

Mais conteúdo sobre:
Espanha [Europa] desabamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.