Plebiscito sobre nova Constituição prossegue na Sérvia

Os 8.385 colégios eleitorais voltaram aabrir suas portas às 3h (em Brasília) para o segundo dia de votação do plebiscito sobre a nova Carta Magna, que define como parte integrante da Sérvia a província do Kosovo, habitada por uma maioria albanesa partidária da independência.Durante a primeira jornada eleitoral, no sábado, segundo dados da Comissão Eleitoral, votaram apenas 17,81% do eleitorado, o que indica umaparticipação muito baixa do eleitorado neste domingo, segundo analistas. Para que a nova Constituição possa ser promulgada, é necessário o apoio de mais da metade dos 6,6 milhões de cidadãos com direito a voto. A votação será encerrada às 16h (em Brasília), com a projeção dos resultados sendo divulgada uma hora depois pela ONG Centro para as Eleições Livres e a Democracia (Cesid), cujos observadoressupervisionam o plebiscito. Todos os líderes políticos sérvios estão convencidos do êxito do plebiscito e esperam a adoção da nova Carta. O primeiro-ministro sérvio, Vojislav Kostunica, disse que a nova Constituição "confirma que o Kosovo pertence à Sérvia doponto de vista do direito internacional".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.