PMI de manufatura na China sobe para 51,5 em dezembro

O índice dos gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) de manufatura da China, elaborado pelo HSBC Holdings, subiu na leitura final de dezembro para 51,5 em dezembro, ante 50,5 na medição de novembro. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira.

AE, Agência Estado

31 de dezembro de 2012 | 13h17

O índice atingiu sua máxima em 19 meses, fortalecendo os recentes sinais de uma retomada na segunda maior economia do mundo, o que pode elevar a confiança do mercado tendo em vista as perspectivas para a economia chinesa.

Uma leitura do índice acima de 50 indica expansão da atividade manufatureira em relação ao mês anterior, ao passo que uma medição abaixo de 50 sinaliza contração.

A leitura final do PMI de dezembro da China foi superior aos 50,9 da medição preliminar anunciada em 14 de dezembro. Os números preliminares baseiam-se em 85% a 90% das respostas da pesquisa sobre o PMI feita com mais de 420 empresas de manufatura do país.

"Tal impulso deverá se estender pelos próximos meses, quando a construção de infraestrutura possivelmente ganhará velocidade máxima e o setor imobiliário se estabilizará", disse o economista-chefe do HSBC para a China, Qu Hongbin. As informações são da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
ChinaPMIdezembro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.