Pneumonia asiática reaparece em Cingapura

Exames confirmaram hoje um novo caso de pneumonia asiática em Cingapura, o primeiro nos últimos quatro meses. O infectado é um cientista de 27 anos que trabalha na Universidade Nacional de Cingapura. ?Parece ser um caso isolado?, disse o Ministério da Saúde em comunicado. Um total de 25 pessoas que estiveram em contato com o cientista estão de quarentena. A SARS - síndrome aguda respiratória severa - matou mais de 900 pessoas em todo o mundo depois que surgiu na China, em novembro do ano passado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.