Pneumonia atípica faz primeira vítima em Cingapura

O Ministério da Saúde de Cingapura informou nesta quarta-feira a morte da primeira vítima do surto de pneumonia atípica no país. Em Cingapura, 69 pessoas já foram diagnosticadas com a doença. A Síndrome Respiratória Aguda Severa (Sars), como é chamada, já matou dez pessoas em Hong Kong, quatro no Vietnã e três no Canadá.Na terça-feira, as autoridades do país colocaram de quarentena pelo menos 700 pessoas para tentar conter a pneumonia atípica que já contagiou cerca de 450 pessoas no mundo nas últimas semanas.China - Em Guangdong, no sul da China, uma misteriosa pneumonia causou a morte de 31 pessoas, informou nesta quarta-feira um porta-voz do governo. Ainda não é possível saber se essas mortes têm alguma relação com a Sars, mas a província chinesa faz fronteira com Hong Kong, onde dez pessoas já morreram vítimas da Sars.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.