Pneumonia dobra a lista de quarentena em Cingapura

O governo de Cingapura informou que quase dobrou o número de recomendações de quarentena a pessoas com risco de portarem o vírus da pneumonia profunda, conhecida como SARS (por sua sigla em inglês).Agora são 1.514 pessoas sob observação durante dez dias, de acordo com as autoridades de saúde locais. Duas mortes foram registradas no país por causa da misteriosa doença e há 86 casos confirmados de pessoas infectadas.De acordo com o ministro da Saúde, Dr. Balaji Sadavisan, o número foi ampliado, dos 861 anteriores, por incluir agora centenas de funcionários dos hospitais à lista da quarentena.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.