Pode superar 100 total de mortos no acidente em Madri

Somente 26 das 173 pessoas a bordo de um avião da companhia aérea Spanair acidentado hoje em Madri sobreviveram à tragédia, disse à Associated Press uma fonte dos serviços de resgate da capital espanhola. Desses 26 sobreviventes, 19 encontram-se em condições críticas de saúde, prosseguiu a fonte. Oficialmente, autoridades locais confirmam a morte de 45 pessoas. Se confirmada essa nova informação, a cifra de mortos aumentará para 147, fazendo deste o pior acidente aéreo ocorrido na Espanha em mais de duas décadas.Acredita-se que um incêndio no motor tenha causado o acidente. O avião deixava Madri por volta das 14h45 locais com destino a Las Palmas de Gran Canária no momento do desastre. A aeronave não conseguiu levantar vôo e saiu por uma das cabeceiras da pista, incendiando um gramado. Uma coluna de fumaça escura era vista do local onde o avião parou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.