Poder fez crescer em 1.170% fortuna do casal Kirchner

Desde 2003, quando Néstor Kirchner chegou à presidência, acompanhado da então senadora Cristina Kirchner, o patrimônio do casal cresceu 1.170%. Isso é o que indica a declaração oficial de bens apresentada ao Departamento Anticorrupção. A riqueza do ex-presidente Kirchner, que morreu em 2010, e de sua viúva, a presidente Cristina, aumentou de 7,02 milhões de pesos (US$ 1,47 milhão) em maio de 2003 para 89,324 milhões (US$ 18,8 milhões) no fim de 2011. Embora critique com frequência a especulação na Argentina, Cristina e seu marido fizeram sua fortuna com a compra de imóveis e aplicações financeiras. / A.P.

O Estado de S.Paulo

13 de novembro de 2012 | 02h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.