Polanski inicia período de prisão domiciliar na Suíça

Roman Polanski começou hoje a cumprir regime de prisão domiciliar em seu chalé alpino na estância turística de Gstaad, na Suíça. A esposa e os dois filhos do cineasta o aguardavam, depois de ele ter passado dois meses detido em uma prisão no país. Ele foi preso em 26 de setembro ao chegar a Zurique para receber um prêmio em um festival de cinema.

AE-AP, Agencia Estado

04 de dezembro de 2009 | 10h52

Polanski, que deixou a prisão depois de depositar fiança estipulada em US$ 4,5 milhões, aguarda decisão da Suíça sobre um pedido de extradição para os Estados Unidos em razão de uma condenação naquele país por abusar de uma menina de 13 anos em 1977.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.