Polícia acha 2 toneladas de urânio em prédio de La Paz

O governo da Bolívia encontrou ontem cerca de duas toneladas de urânio em um prédio no centro de La Paz, a poucos metros das embaixadas de EUA e Brasil, e ordenou uma investigação imediata. "Eram cerca de duas toneladas de material que se usa para a construção de armamento nuclear", disse o vice-ministro do Interior, Jorge Pérez.

LA PAZ, O Estado de S.Paulo

29 de agosto de 2012 | 03h01

"A informação aponta para um alto nível de radioatividade, o que vamos determinar com a perícia que se realizará imediatamente", disse Pérez, revelando que o dono do material foi preso. O vice-ministro não detalhou como o material foi localizado e para onde a polícia o levou. O material estava em uma garagem do primeiro andar de um prédio "em bolsas plásticas" expostas ao tempo. Segundo Pérez, o urânio pode ter vindo do Brasil ou de outro país vizinho e, provavelmente, seguiria para o Chile. / AP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.