Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Polícia acredita que franco-atirador fez novo ataque

As autoridadesterminaram neste domingo uma minuciosa revisão nos arredores deum restaurante onde um homem de 37 anos foi gravemente feridoontem à noite no estacionamento de um restaurante de Ashland, noestado de Virgínia, e disseram acreditar que o ataque foirealizado pelo franco-atirador que vem aterrorizando a área deWashington. "Estamos atuando como se fosse (a mesma pessoa), eassim continuaremos até confirmarmos que não é", disse ocoronel Stuart Cook, do Departamento do Comissário do condado deHanover. Cook disse que a polícia começaria a retirar a cintaplástica amarela com que rodeou a área do ataque, enquantodezenas de agentes participavam de uma busca intensiva numa zonade bosques próxima ao restaurante Ponderosa. Negou-se a dizer seos policiais haviam encontrado algo. Previamente, o chefe de polícia de Ashland, FredericPleasants Jr., disse que não foi levantada nenhuma evidência emuma revisão realizada após o tiroteio, ocorrido no sábado ànoite. Hoje pela manhã, a polícia voltou a revistar a área. Algumas testemunhas disseram ter escutado um disparoproveniente do bosque, mas ninguém viu o franco atirador. A polícia disse que a vítima, cujo nome não foidivulgado, percorria a zona junto com sua mulher e estacionouseu automóvel em Ashland, um povoado de 6.500 habitantes, embusca de gasolina e comida. A mulher da vítima disse àsautoridades que escutou um som como o da explosão de um motor decarro e em seguida seu marido deu uns três passos antes de cairao solo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.