Polícia afegã mata 7 por engano na divisa com Paquistão

Policiais que patrulhavam a fronteira do Afeganistão com o Paquistão mataram sete civis neste sábado, após confundirem o grupo com insurgentes, de acordo com o General Abdul Raziq, que comanda as operações fronteiriças da polícia afegã.

AE-AP, Agencia Estado

06 de fevereiro de 2010 | 11h37

Segundo Raziq, os policiais atiraram nos civis e, ao revistarem os corpos, notaram que nenhum deles carregava armas e, em seguida, confirmaram com habitantes da região que nenhum deles participava de forças insurgentes. O general não disse o que levou os policiais a crer que as pessoas representavam uma ameaça, mas disse que o incidente está sob investigação.

Tudo o que sabemos sobre:
AfeganistãoPaquistãomortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.