Polícia afegã prende 4 suspeitos de assassinato

Autoridades afegãs detiveram quatro homens suspeitos de participação no assassinato de três agentes humanitárias e do motorista que as conduzia durante viagem pelo norte do Afeganistão, informou a polícia local nesta quarta-feira. Os quatro suspeitos foram detidos na terça-feira, apenas algumas horas depois do crime. Um homem na garupa de uma motocicleta abriu fogo contra o carro. Não houve sobreviventes. As agentes humanitárias estavam a serviço do grupo assistencial sul-africano ActionAid International. Uma investigação está em andamento, mas ainda não se sabe se os quatro suspeitos serão indiciados. Enquanto isso, o ActionAid anunciou por meio de um comunicado que seus escritórios estão temporariamente fechados desde segunda-feira, quando distúrbios provocados por um acidente de trânsito envolvendo soldados americanos se espalharam por Cabul. A violência deixou 20 mortos e mais de 160 feridos na segunda-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.