Polícia americana aplica eletrochoque em menino de 6 anos

A polícia de Miami utilizou um aparelho de eletrochoque para conter um menino de seis anos porque ele segurava uma pedaço de vidro partido e ameaçava se cortar, informaram autoridades locais nesta sexta-feira. A identidade do menino de seis anos não foi revelada.Policiais aplicaram uma descarga de 50.000 volts no menino depois de serem chamados pela diretoria da escola primária Kelsey Pharr, estabelecida no condado de Miami-Dade, no Estado americano da Flórida.O incidente ocorreu em 20 de outubro, mas só veio à tona esta semana. Naquele dia, a diretora da escola, Maria Molson telefonou para o serviço de emergência depois de a criança ter quebrado o vidro que protegia um quadro e empunhado uma lasca de vidro partido, impedindo a aproximação de um segurança da escola.Quando dois policiais e um inspetor escolar chegaram à sala da diretora, o menino já apresentava cortes abaixo de um dos olhos e em uma das mãos. Os policiais tentaram conversar com o garoto, mas não conseguiram convencê-lo a parar. Depois que o menino fez um corte em sua própria perna, um dos policiais usou um aparelho de eletrochoque para contê-lo. Outro policial o segurou para impedir que caísse no chão, relataram autoridades locais.O menino recebeu os primeiros socorros no local e depois foi levado a um hospital, onde passou por avaliação psiquiátrica. Não foram divulgados mais detalhes pois o caso ainda está sendo investigado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.