Polícia americana investiga relatos de disparos no Capitólio

A polícia americana isolou nesta sexta-feira o perímetro da sede do Congresso dos Estados Unidos enquanto investigava relatos de que disparos de armas de fogo teriam sido efetuados no estacionamento da Câmara dos Representantes. Quatro ambulâncias foram enviadas ao local.O Senado dos EUA estava em sessão no momento, mas a Câmara não estava. O deputado Peter Hoekstra, que presidia uma reunião da Comissão de Serviços Secretos da Câmara no momento do alerta, pediu aos participantes que não deixassem o recinto e sugeriu o fechamento das portas. Apesar do alerta e do envio das ambulâncias, a polícia ainda não confirmou se realmente foram efetuados disparos na garagem da Câmara.Comandantes da polícia local deverão conceder uma entrevista coletiva no início da tarde desta sexta e não há, até o momento, informações sobre vítimas ou suspeitos detidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.